Paramotor

Paramotor - Definição

O Paramotor é um equipamento de voo com motorização auxiliar, composto por uma asa denominada Parapente, que não contém elementos rígidos em sua estrutura e cujo comando se realiza através de controle aerodinâmico.

Pode transportar um ou dois tripulantes, não necessita de instalações aeronáuticas para a sua decolagem e para a sua aterrissagem, pois pode ser utilizado o esforço físico das pernas como trem principal (Decolagem a Pé), abreviado por DAP, ou a ajuda de um dispositivo mecânico que a substitua (Decolagem Mecânica), abreviado por DMC e chamado de Paratrike.

Sua velocidade estará compreendida entre 32 km/h de mínima e 60 km/h de máxima, com vento zero e ao nível do mar, e sua corrida para decolagem estará abaixo de 60 metros, necessitando, tanto para o DAP como para o DMC do esforço físico dos braços do piloto para inflar o parapente e subi-lo na posição de voo.

A palavra Paramotor nasceu da simplificação da frase “Parapente com Motor” e esta composta pela união entrelaçada da primeira e últimas sílabas dos elementos fundamentais para a prática deste esporte: o Parapente e o Motor Propulsor Auxiliar.